Notícias

Caldas acolhe(te)



O projecto Caldas Acolhe-Te, apresentado na Câmara a 6 de Agosto, pretende juntar seniores e estudantes que venham cursar na ESAD. Os primeiros ganham companhia e os segundos comprometem-se a contribuir com 25 euros em géneros, adquirindo por exemplo a botija de gás para a casa do sénior que o recebe. Uma ideia que deverá ser implementada já no arranque do próximo ano lectivo.

Vítor Marques, presidente da união de freguesias, diz que se pretende com este projecto intergeracional “receber os estudantes oferecendo-lhes um lar e pedindo-lhes que partilhem algumas acções com os seniores”.
O autarca especificou ainda que este ideia vai ser implementada aos poucos, sendo este ano limitada a dez pares a fim de se poder fazer um bom acompanhamento.
Podem candidatar-se a este projecto dez seniores, com mais de 65 anos, que têm que ter um número mínimo de condições para receber os jovens estudantes: um quarto individual, acesso a cozinha e WC com saneamento completo. Podem candidatar-se ao programa um sénior que more sozinho e também casais.
Os estudantes que podem participar têm que ter, pelo menos, 18 anos, e não podem residir nas Caldas. Ambos têm que possuir um canal de comunicação para falar com as técnicas que vão fazer o acompanhamento do projecto.
Os candidatos podem também enviar um email para caldasacolhe.te@gmail.com revelando o seu interesse em integrar neste projecto. Posteriormente serão chamadas para uma entrevista onde terão que falar sobre as suas motivações, os seus interesses e quais são as suas rotinas diárias. Terão que ficar definidas questões como se o estudante pode ou não receber visitas.
Após esta inscrição, o par – sénior e jovem – vai receber visitas periódicas das psicólogas da Junta durante o ano lectivo.
A psicóloga da Junta, Sara Oliveira, fez a apresentação deste projecto que já funciona em cidades como Lisboa e Porto, tendo-se, contudo, inspirado nesta última.

A cidade é só uma

Jorge Varela, autarca de Sto. Onofre, afirmou que sente um grande orgulho em integrar este projecto, coordenado pela freguesia “irmã”, N. Sra. do Pópulo. Na sua opinião, as duas freguesias urbanas devem unir-se sobretudo no que diz respeito aos projectos sociais. “A cidade é só uma”, disse o presidente da Junta, acrescentando que hoje em dia as respostas socais têm que ser diferentes das que se apresentavam há 20 anos.
Este projecto conta com a colaboração da Rede Social das Caldas. Na sessão estiveram representantes da direcção e da Associação de Estudantes da ESAD que se comprometeram em divulgar o projecto Acolhe-te.